Perder peso é muito mais simples do que você pensa.

A maioria das pessoas fracassa na tentativa de perder peso, pois associam perda de peso à contagem obsessiva de calorias e consequente remorso sobre o que “comeu excessivamente”.

Outra atitude comum é o consumo de remédios e até cirurgias para emagrecer, que “milagrosamente” irão lhe permitir atingir o peso desejado.

Estas atitudes ameaçam a saúde e chegam a prejudicar o relacionamento social. Algumas pessoas chegam até a se recusar a comer em locais onde não são listadas as calorias.

O exemplo acima é apenas uma demonstração do que ocorre quando tomamos decisões no piloto automático, sem planejamento e estratégia adequada.

A perda de peso deve estar associada a saúde e ao respeito de suas limitações, por isso compartilho com vocês os principais fatores, identificados em consultório, que irão auxilia-lo a atingir o peso ideal e reduzir os riscos à sua saúde.

  • Motivação: A todo momento estaremos passando por situações estressantes, que causarão perda de energia e força de vontade. Isto acontecerá e é importante lembrar que é normal. Precisamos estar motivados a fazer diferente.Confie nos hábitos saudáveis ​​que construímos até aqui e não ceda á “compulsão”;
  • Fuja da Armadilha do tudo ou nada: Hoje é feriado, vou desistir e amanhã começo de novo;
  • Construa um suporte: Encontre seguidores amigos ou familiares que tenha o mesmo objetivo e possam motiva-lo;
  • Defina metas realistas: É importante definir metas realistas que possam ser atingidas por você;
  • Reveja seus objetivos: Se não consegue seguir em frente, reveja seus objetivos e faça um replanejamento, pode ser necessário começar com objetivos menores;
  • Identifique as coisas de que você gosta: Identifique seus pontos fortes e utilize a seu favor, fazendo atividades que lhe agradam, por exemplo faça um curso de culinária saudável;
  • Planeje suas refeições: A comida está em toda parte, seja em celebrações ou em lembranças de infâncias, os hábitos alimentares ruins danificam nossa saúde, tornando a comida nossa pior inimiga;
  • Cuidado com a Auto sabotagem: A mentalidade doentia sabota a criação de hábitos saudáveis e ameaça a sua saúde.

Lembre-se: As dificuldades são comuns e irão surgir. O stress pode dificultar um pouco, mas você consegue seguir em frente

Quando surgirem as dificuldades, lembre-se do porquê começou e onde já chegou

Muitas doenças podem ser evitadas e até curadas quando escolhemos ter hábitos alimentares saudáveis, tudo é questão de escolha e da estratégia adequada.

Se precisar de ajuda, procure um nutricionista e trace uma estratégia adequada e eficiente.

Quer mais dicas? Siga-me no Instagram chris_bergamasco.

Contato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s